Publicado por: Joaquim Coelho | 26/10/2008

NA SENSÍBILIDADE DO POEMA

A ESCREVER SINTO-ME BEM
ME BATE FORTE O CORAÇÃO
E UM PRAZER INTERIOR INVADE-ME
NO SILÊNCIO DO MEU INTÍMO
A CANETA DESABAFA
A MINHA ESCRITA NO PAPEL
NUM ROLE DE SENTIMENTOS,
DEIXO TRANSPARECER A MINHA ALMA,
OS MEUS OLHOS TORNAM-SE MAIS PROFUNDOS
E AS MINHAS FRAQUESAS DESTOAM
AS LETRAS COMPREENDEM-ME, RECONFORTAM-ME
VEJO O MUNDO EM VÁRIAS DIMENSÕES
VIVENDO UMA ENORME ANSIEDADE
HOJE SENTINDO A DOR E A SAUDADE
FORMAM RETALHOS DA MINHA POESÍA

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: